ENTENDA MAIS*

Máquinas

A Mini produziu grandes resultados, mas chegou a hora de aposentar as engrenagens para a entrada de novas tecnologias

Lançada em 2015, a Formadora e Recheadora Mini Festa da MCI foi o boom em vendas no portfólio de máquinas para produção de doces e salgados aos pequenos empreendedores, alcançando em seu ano de lançamento 1.000 unidades vendidas. No seu lançamento, ela tinha a produção contínua de até 1.000 unidades de produtos (20g) por hora, mas no decorrer dos anos com foco em mais produtividade aos consumidores, updates foram realizados e a produção alcançou até 1.500 unidades hora. 

A pequena fábrica foi projetada para pequenos espaços, até mesmo os domésticos como a cozinha de casa, onde para alguns empreendedores do ramo é onde tudo se inicia. O projeto Mini Festa, antes de ser conhecido como tal, tinha alguns pré-requisitos e entre eles o desafio de ser um equipamento compacto, leve e de fácil manuseio. Este era um tempo onde nós tínhamos muitos clientes descendo diretamente no aeroporto de Viracopos (Campinas), ou vindo de outros Estados em automóveis de passeio para conhecer a fábrica da MCI e testar nossos produtos através dos laboratórios e por vezes retornavam com o equipamento recém comprado, pronto para ampliar a produção.

Na época fizemos uma pesquisa de mercado para entender qual era o perfil do público que mais necessitava desse perfil de equipamento. Mulheres de 39 a 60 anos constituíam a maioria da força de trabalho que demandava máquinas com foco no empreendedorismo. Não à toa, a Mini Festa foi a precursora da fabricação de peças feitas em materiais atóxicos e injetados, muito mais padronizados e num prazo até 4x mais rápido que a usinagem convencional e além do mais, tornava o equipamento mais fácil de manusear, montar e desmontar para limpeza após um dia de produção completo.

A diversidade de produção é extensa, com possibilidade produtiva de até 7 formatos de produtos diferentes, como coxinhas, bolinhas de queijo, quibes, croquetes, travesseirinhos, risoles (acompanhando carimbo padrão), empadas, enroladinhos, brigadeiros, beijinhos e entre muitos outros produtos que são ajustados manualmente através do painel digital, configurando a parede de massa e recheio para o alcance da gramatura desejada, indo de 8g a 180g.

Durante os 6 anos de portfólio, a Formadora Mini Festa foi a porta de entrada para a expansão de pequenas fábricas de alimentos e também o ponto chave de virada para o sucesso de vendas de muitos clientes, que buscaram a automatização da produção de seus produtos para ampliar o volume e lucro comercial.

A formadora esteve presente em média 30 feiras, ela viajou o país todo. Fez propaganda com a avó mais querida do Brasil. Saiu em reportagens em jornais como Pequenas Empresas e Grandes Negócios, Exame, Terra e entre outras mídias. Participou da série Festa na Cozinha, que distribuiu diversas receitas especiais da MCI, indo de A a Z, através do nosso canal no Youtube

Mas, hoje estamos nos despedindo dessa pequena grande fábrica de salgados e doces, que após todo o sucesso entre nossos clientes distribuídos pelo mundo, deixa o nosso portfólio de máquinas e aposenta suas engrenagens.  

E calma, nós já temos as soluções que continuarão atendendo os micros e pequenos empreendedores do ramo de alimentos. E para quem já utiliza a Formadora Mini Festa, continuaremos com o time de Assistência Técnica oferecendo o suporte necessário em reposição de peças e manutenções.. 

A Mini Festa seguirá muito bem representada pela Formadora Pratic Mais, ou Pratic 2R para opção com 2º recheio, e produção de até 2.000 unidades por hora. Com a mesma praticidade, possibilidades de produção e agora com muito mais tecnologia e upgrades desenvolvidos para melhor performance na cozinha industrial.

Seguimos desenvolvendo novas tecnologias para automatizar pequenas, médias e grandes produções de alimentos pelo mundo. Conte com quem desenvolve qualidade, conte com uma MCI.

 

Linkedin    Facebook    Instagram    Youtube